Minha participação no Movimento Clube da Esquina

Nem todos sabem a história do Clube da esquina, que começou no início dos ano 60, em Belo Horizonte (MG), quando jovens músicos começaram a se encontrar na cena musical da capital mineira. Eles produziam um som que fundia as inovações trazidas pela Bossa Nova a elementos do jazz, do rock’n’roll – principalmente The Beatles –, de música folclórica dos negros mineiros e alguns recursos de música erudita e música hispânica.

PORÕES DO CLUBE DA ESQUINA

Inicialmente representado por Milton Nascimento, Wagner Tiso, Fernando Brant, Márcio Borges, Nivaldo Ornelas, Toninho Horta e Paulo Braga, a turma mineira foi agregando uma constelação de instrumentistas e compositores. Ainda que juntos tenham apresentado uma nova perspectiva musical, o Clube da Esquina não foi visto pela mídia e pelos estudiosos como um movimento. Mas, sem sombra de dúvida, se constituiu apropriando-se de um alicerce oferecido por diversos movimentos musicais e culturais pregressos.

Em 1972, “Clube da Esquina”, assinado por Milton Nascimento e Lô Borges, tem participação dos amigos.

O Clube da Esquina 2, conta com a participação de antigos companheiros e novos convidados como eu, Chico Buarque, Nelson Angelo, Joyce, etc.

Assim eu começo a fazer parte desse movimento. E foi nesse momento que me dei conta que a música pra mim é tudo na minha vida, me trouxe os amigos, os amores, os bens materiais, e a felicidade de estar fazendo o que eu gosto.

Agora vejam essa história :D

Fonte: Museu Clube da Esquina

Música Refugiados

No último dia 10, lancei, em parceria com outros músicos mineiros, a canção em homenagem aos refugiados sírios estendida especialmente às vítimas da recente tragédia que ocorreu em Minas Gerais.

“Refugiados”, com música de Lô Borges e letra de Murilo Antunes, é interpretada no clipe por mim, Tavinho Moura, Toninho Horta e pela cantora paulista, radicada em MG, Patricia Maês.

Quem quiser conferir um pouco mais desse belo trabalho, é só assistir o vídeo abaixo:

Beatle Week chega a 4ª edição em BH

A partir de amanhã, BH se transformará em Liverpool, mais uma vez. Será a 4ª edição do BH Beatle Week.

O evento vai até o domingo (13) e tem o apoio oficial da direção do Cavern Club da cidade de Liverpool, na Inglaterra. Ao todo, 17 bandas covers locais, nacionais e duas do Chile prometem agitar a festa.

E amanhã mesmo eu subirei ao palco com a atração “Minas e os Beatles II”, com Cláudio Venturini, Fernanda Takai, Tavito, Telo Borges, Aggeu Marques e a banda Fio da Navalha, a partir de 21h. No Grande Teatro, no Cine Theatro Brasil.

Beatles

O Circuito será menor que no ano passado por alguns motivos, entre eles está a edição especial que está sendo planejada para 2016. “No ano que vem, o BH Beatle Week será em agosto porque vamos receber a equipe olímpica inglesa. Queremos guardar um pouco da ‘munição’ para 2016”, afirma Aggeu Marques, idealizador, cantor e médico.

Um dos destaques desta edição é o lançamento do livro “Do Rio a Abbey Road’, da carioca Elizabeth Villas Boas Bravo, conhecida como Lizzie Bravo, na quinta-feira e sexta-feira (11), no Hall do Grande Teatro do Cine Theatro Brasil, às 20h.

Ela teve a honra de gravar com os Beatles em 1967, quando tinha 15 anos de idade. Junto com uma amiga, Lizzie gravou o backing vocal da canção” Across the Universe”. No livro, Lizzie relata alguns momentos que viveu ao lado dos Beatles, além de mostrar fotos que tirou na época.

Já entre os artistas que irão se apresentar, estarão também a banda Nowhereband, do Chile, e Eduardo Gallo & Lennon’s Band, de Minas. A banda Hocus Pocus, cover dos Beatles, também será uma das atrações.

Os ingressos para todos os shows estão à venda pelo site compreingressos.com, pelo telefone (31) 2626-1251 ou nas bilheterias do Cine Theatro Brasil Vallourec, na avenida Amazonas, 315.

 

Semana Clube da Esquina

Belo Horizonte terá uma semana dedicada a um dos movimentos musicais mais emblemáticos do país e que teve como coração a capital mineira: o Clube da Esquina. Os grandes ícones deste movimento, que se tornaram referências para a música popular brasileira, estarão reunidos novamente durante a “Semana Clube da Esquina”, de 30/11 a 03/12, segunda a quinta-feira. Lô Borges,Toninho Horta, Telo Borges, Cláudio Venturini e Flávio Venturini se encontrarão para apresentações especiais.

Semana-Clube-da-Esquina

Saiba tudo sobre essa semana que irá homenagear esse lendário movimento no site oficial: http://semanaclubedaesquina.com.br/

Nos dias 4 e 5 estarei no Teatro Rival

É com muita alegria que começo a contar os dias para o show que farei no Teatro Rival, Rio. Na verdade serão dois dias: sexta e sábado!

Fazer um show na cidade maravilhosa para mim significa calor, emoção, amizade e muita diversão. Pisar em um palco carioca é sempre uma energia nova e é por isso que sempre me emociono.

Tenho a certeza que nos dias 4 e 5 não será diferente. E quem quiser dividir essa energia comigo, os ingressos estão disponíveis na bilheteria do local e online: http://bit.ly/FV-Teatro-Rival

Show-Teatro-Rival

Festa Nacional da Música

Com muito orgulho, irei participar da 10ª Edição da Festa Nacional da Música: o encontro mais esperado e importante da música brasileira.

Logo-Evento

Estarei no palco dia 19/10 com outros grandes artistas da MPB. Confira:

Marina Lima                      Cantora

Nando Reis                        Cantor  e compositor

João Bosco & Vinícius    Dupla sertaneja

Arthur Moreira Lima        Pianista e maestro
14Bis                                   
Grupo musical

Damares                             Cantora

Flávio Venturini                 Cantor e compositor
O Terço                               Grupo musical

Gabriel, o Pensador         Cantor e compositor

Guilherme Arantes          Cantor e compositor
Pixote                                  Grupo musical

André Midani                     Executivo da indústria fonográfica

Gloria Braga                      Superintendente do Ecad

Cicão Chies                       Sócio-fundador da DC set

Juarez Fonseca                Jornalista crítico musical

Dorgival Dantas                 Cantor e compositor

Quem não puder estar presente, o evento será transferido, ao vivo, pela TV COM, para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e para todo o País pelo canal Music Box Brazil (123 da NET).

Será uma linda festa!

 

 

Tons de BH: Sugestão de página no facebook

Hoje eu compartilhei na minha página do facebook um vídeo muito bacana de um voo, feito por um drone, pela cidade de BH.

Facebook-Tons-de-BH

Quem me conhece sabe: sou um eterno apaixonado pela minha cidade, admiro todos os trabalhos e pessoas que divulgam este lugar magnífico e acolhedor.

Por isso eu quero aproveitar este nosso espaço para compartilhar com vocês o projeto Tons de BH, que tem como objetivo compartilhar belezas da grande Belo Horizonte através das lentes dos seus cidadãos.

Então fica aqui a minha dica para quem, assim como é, aprecia a cidade e costuma fazer belos registros dela. Se você tem uma foto bacana, envie esta imagem por mensagem (através da página) ou pelo e-mail: tonsdebh@gmail.com.

Um grande abraço a todos!

Lembranças do grande poeta e amigo Fernando Brant

Muitos anos atrás fui convidado a participar de um programa com o Milton “Bituca” Nascimento, na antiga TV Manchete. Tive a honra de estar ao lado de Milton Nascimento, Túlio Mourão e Adélia Prado!

fernandobrant

Passava por um momento sofrido de amor como tantos se passa por essa vida e as músicas e letras tinham o significado aumentado e doloroso para um coração apaixonado e ferido com estava o meu! Então Milton, com Tulio ao piano, cantou “Fruta Boa” que eu já conhecia e admirava do disco “Miltons”.

Foi tão lindo o estopim que tive um ataque convulsivo de choro doído e lancinante. A letra/poema tão linda e tão sincera de Fernando era a verdade do que, para mim, poderia ter sido um amor feliz. Fui em prantos consolado pela amiga Marilene Gondim que me abraçou e confortou, lavou a minha alma. Era tudo que que eu queria ter dito ao meu amor perdido. Entrei forte ao palco daí um tempo, mas fiquei com aquele momento para sempre e, tempos depois, incluí “Fruta Boa” no meu show, que é para mim uma das grandes canções de Milton e Brant!

Conheci Fernando Brant pelos amigos do Clube e, pelo que me lembro, apresentado pelo amigo Murilo Antunes, torcedor do América. Mineiro como eu, foi sempre aquele cara alegre e gentil, como estava há um mês atrás quando o vi pela última vez no casamento de um amigo.

Adorava quando ele me convidava para jogar bola na pelada que rolava no seu sítio perto de BH.

Quando fundamos o 14 Bis, em 1979, Milton, que produzia nosso primeiro disco na Odeon, pra me instigar, me mostrou uma canção “Unencounter”que havia feito com Brant nos EUA já explicando que tinham inventado uma palavra nova para a língua inglesa, pois não existia algo para “desencontro” naquele idioma, e o título era perfeito para a canção que falava da amizade a um grande amigo distante.

Fiquei chapado com a canção tão linda, e Milton me desafiou: pode tirar o cavalinho da chuva porque sabia que você ia querer gravá-la ao ouvir, mas o Fernando nunca vai fazer essa letra em português, pois de tão especial foi esse momento vivido em Los Angeles.

Fiquei pensativo e mostrei ao parceiro Vermelho Quatorze Bis que também se encantou, me incentivou a ir atrás de Fernando e apelar para a bondade do já querido amigo. E lá fomos fazer a proposta de ferir aquela obra com uma versão em português.

Fernando nos recebeu com carinho, hesitou, ficou de pensar e… pimba! Cravou “Canção da América” que gravamos em seguida no 1º disco do 14 Bis, produzida pelo Bituca e, em seguida, gravada por Elis Regina e pelo próprio Milton!

Hoje ela é um hino a amizade!

Ainda nos tornamos parceiros, mais tarde, e corrigimos essa falha com a canção “Trator” gravada em meu CD “Porque não tínhamos bicicleta”, de 2003.
Sou é sem jeito, esbarro no mundo/ O meu mal feito é querer acertar/ Sou é poeta, sou garimpeiro
Mas o meu ouro eu não pude achar/ Sou pescador que sonha seu peixe/ Eu sou um barco perdido no mar
O meu caminho, o meu desejo
É ser seu guia, seu porto, seu cais
Obrigado grande poeta! Saudades eternas!

Minha homenagem ao amigo Fernando Brant

Show em Lauro de Freitas no Dia dos Namorados

É com muita alegria que eu confirmo a minha presença em Lauro de Freitas, no dia dos namorados.

cidade-de-lauro-de-freitas

Cidade Lauro de Freitas

O show acontecerá no Armazém Vilas, no dia 12 de junho, em festa especial do Dia dos Namorados. Além do show, o evento inclui um jantar romântico.

O jantar servido na ocasião inclui opções de entrada, prato principal e sobremesa. Entre os pratos especiais, que fazem parte do cardápio, estão salmão grelhado com molho de alcaparras, risoto de frutos do mar e filé ao molho madeira.

Em clima de romance, estamos selecionando grandes sucessos da minha carreira, e garantimos um repertório apaixonante <3

Para mim, será um enorme prazer passar esta data em Salvador, e eu espero encontrar muitos fãs baianos comemorando esta data tão especial, onde a energia é puro amor. Até lá, Bahia!

Informações:

Data: 12 de junho
Local: Armazém Vilas (Vilas do Atlântico – Lauro de Freitas)
Horário: a partir das 22h
Ingressos: R$ 170 (lounge verde), R$ 190 (lounge vermelho), R$ 190 (lounge rosa), R$ 190 (longe azul), R$ 220 (lounge amarelo) e R$ 230 (longe azul)