flávio e claudio 2

Irmãos de sangue e de música

Hoje é o aniversário de meu irmão Cláudio.  E não poderia deixar de registrar alguns bons momentos nossos por aqui.

flávio e claudio

Porque, como o próprio Cláudio disse em entrevista para o site Portal no Ar, “Só não estamos tão próximos como no início da carreira. Cada um tem seus compromissos e carreira. Mas o prazer de tocar, compor e fazer shows eu posso garantir que é o mesmo sempre que estamos juntos!

Planeta Sonho

(Flávio Venturini / Vermelho / Márcio Borges)
(clipe exibido no Fantástico de 1981)

Uma Velha Canção Rock’n Roll

(Flávio Venturini / Vermelho/ Murilo Antunes)

Criaturas da Noite

Flávio Venturini / Luiz Carlos Sá 
Show 1989 – Vídeo pertencente aos arquivos de Messias Junior

Linda Juventude 

(Flávio Venturini / Márcio Borges) Globo de Ouro de 1983

Caminhos do Frio – Rota Cultural 2014

Vocês conhecem o Festival Caminhos do Frio – Rota Cultural 2014 que acontece na região serrana da Paraíba?

O evento é um circuito cultural e gastronômico que envolve sete cidades da região serrana do Brejo da Paraíba, famosas pelo friozinho nesta época do ano (as temperaturas ficam em torno dos 10 graus).

Neste ano, a programação começará no dia 14 de julho e vai até 31 de agosto, integrando os municípios de Areia, Pilões, Solânea, Serraria, Bananeiras, Alagoa Nova e Alagoa Grande. Cada uma das cidades com uma rota cultural específica para oferecer aos turistas e à comunidade local!

Além de apresentações culturais, festivais gastronômicos, oficinas, atividades de ecoturismo, feira de artesanato e exposições, a produção do Caminhos do Frio confirmou a presença de grandes nomes nacionais, como Ivan Lins, Céu e o Grupo Tarancón, entre atrações internacionais e regionais.

O meu show será em Pilões no dia 26 de Julho.

Confira as atrações nacionais que o festival já divulgou em sua página no Facebook.

Areia – (dia 18 de julho) – Taracón / Céu; (19 de julho) – Ivan Lins

cidade_areia

Pilões – (26 de julho) – Flavio Venturini

piloes

Solânea – (02 de agosto) – Santana

solanea

Serraria – (09 de agosto) – Antônio Carlos e Jocafi

serraria

Bananeiras – (16 de agosto) – Nando Cordel

bananeiras

Alagoa Nova – (23 de agosto)– Amazan

ALAGOA NOVA

Alagoa Grande – (30 de agosto) – Luiz Melodia

ALAGOA_Grande

O roteiro ‘Caminhos do Frio – Rota Cultural’ é uma realização do Fórum de Desenvolvimento turístico Sustentável do Brejo paraibano e prefeituras municipais.

Mais informações na página do Facebook do evento  www.facebook.com/CaminhosdoFrio

As maravilhas de Brumadinho

Muita gente já sabe que eu nasci em Minas Gerais e sou apaixonado pela minha terra. Por isso hoje eu vou falar de uma das maravilhas deste Estado: A cidade de Brumadinho, que fica a 63 km da capital mineira.

É uma pequena cidade, com menos de 40.000 habitantes, mas que recebe cerca de 150 mil turistas anualmente.

O maior atrativo do local é o Instituto Inhotim, que mistura arte contemporânea e natureza e é considerado um dos mais importantes museus de arte contemporânea do mundo! São mais de 500 obras distribuídas por alguns pavilhões e áreas abertas, cercados por jardins, lagos, montanhas e vales. O museu possui muitas obras criadas especialmente para sua exposição permanente.

Os acervos são mobilizados para o desenvolvimento de atividades educativas e sociais para públicos de faixas etárias distintas.

Galeria Psicoativa Tunga

Galeria Psicoativa Tunga

Outro ponto turístico extremamente interessante, para quem gosta de atrativos naturais, é o  Parque Estadual da Serra do Rola Moça. O lugar oferece esportes como balonismo e voo livre.

Parque Estadual Terra Rola Moça

Parque Estadual Terra Rola Moça

Há diversas cachoeiras na cidade, como as da Usina, da Ostra, de Águas Claras, dos Carrapatos, entre outras.

Lá também oferece atrativos culturais, como o Quilombo do Sapé, a Capela Nossa Senhora do Rosário, a de São Benedito e as Igrejas Matrizes de São José e São Sebastião.

Brumadinho é um destino para se visitar e se apaixonar!

Canal Flávio Venturini no Youtube

Vocês já conhecem o canal Flávio Venturini no youtube? Já são mais de 100 mil views em 33 vídeos, entre eles você encontra músicas do meu último CD Venturini, grandes sucessos da minha carreira e acústico no estúdio.

Youtube-Flavio-Venturini

O vídeo com maior número de views é o Leãozinho, uma regravação minha do grande sucesso do Caetano Veloso.

Não deixe de acompanhar este canal onde eu, junto com minha equipe, atualizamos frequentemente com tanto carinho.

 

 

Tabule a Venturini

O Chef Venturini

Para alguns não é novidade que adoro me aventurar na cozinha!

Preparar receitas antigas, criar novas, experimentar temperos e, principalmente, compartilhar os pratos com os amigos não tem preço!

Atualmente, muito se ouve que cozinhar é uma terapia. Eu concordo e até acho melhor, mais divertido e mais barato que um psicólogo. (rsrs)

Hoje vou ensinar a receita do meu Tabule à Venturini, que muitos já me pediram. É uma refeição suave e vegetariana que pode ser servida como entrada ou um lanche leve.

Ingredientes:

  • 600 g de trigo especial para kibe
  • 1 lata de milho verde doce bonduelle ou duas espigas pré cozidas
  • 250 g de azeitonas pretas pequenas portuguesas esmagadas sem caroço
  • 2 cebolas médias cortadas em cubinhos pequenos
  • 200 g de tomate cereja bem docinho
  • 1 pimentão vermelho pequeno
  • 1 pimentão amarelo pequeno
  • 1 pimentão verde pequeno
  • 10 castanhas picadas(do Pará, amêndoas, etc)
  • 1 limão tahiti
  • algumas folhas de alface
  • azeite, sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo

Hidrate o trigo por uma ou duas horas

retire o excesso de líquido até ficar bem sequinho

adicione o sal e a pimenta

acrescente, aos poucos, os ingredientes tomando o cuidado para escoar o líquido

tempere com azeite e corrija o sal

decore com tomate cereja, alface e cheiro verde (salsinha e cebolinha)

cubra e leve à geladeira por ½ hora

Sugestão: sirva acompanhado de homus, coalhada seca e pão árabe ou pão integral em torradas.

 Obs: cenoura ralada e repolho também podem ser acrescidos.

Apreciem!

 

 

7

Notícias que circulam

Após 4 anos sem um projeto próprio no mercado, a chegada do CD ‘Venturini’ veio agitar novamente as coisas! Com a turnê de lançamento dele, estou desde novembro do ano passado realizando shows ao lado de feras: Cesar Santos (guitarras, violões e vocais), Aloísio Horta (baixo), André Godoy (bateria) e Christiano Caldas (teclados). Como consequência desde trabalho estamos ganhando um bom destaque na mídia.

Um retorno muito positivo e importante para minha carreira.

 329105

Como vocês fazem parte da minha história, gosto de compartilhar fotos, músicas e notícias com vocês, seja através do site, do blog ou de outros canais disponíveis, como facebook, instagram, twitter, youtube, soundcloud, my space. Acompanhem lá!

www.facebook.com/flavioventurinioficial

http://instagram.com/flavioventurinioficial

https://twitter.com/FlavioVenturini

https://www.youtube.com/user/venturinioficial

https://soundcloud.com/flavio-venturini

https://myspace.com/flavioventurini

mucho-locas_4

Humor garantido em Mucho Locas

Adoro boas opções de entretenimento e, por isso, hoje indico a divertida peça Mucho Locas do meu amigo, diretor e ator, Tom Arruda.

Quatro mulheres. Quatro destinos. Quatro risadas”. É uma ótima definição para a montagem. O texto de Mucho Locas foi criado pelo autor José Vitor Rack, a pedido do Tom Arruda.

Tom contou que sua vontade de falar sobre o universo feminino veio das observações da vida cotidiana, vendo mulheres conversando na fila do banco, por exemplo. O universo feminino é uma caixinha de surpresas!

Mucho Locas é uma comédia que fala de 4 mulheres, com personalidades distintas, que por motivos diferenciados foram internadas pelos maridos, ex-maridos ou namorados num hospício. No banheiro do local, se encontram para discutir seus planos de revanche. É lá que elas botam para fora todas as esperanças e tristezas, numa espécie de baú de memórias. Misturam o presente (elas no hospício) com o passado (suas histórias e como foram parar ali). Além da ânsia pela liberdade, todas têm em comum o desejo de vingança.

mucho-locas_2Tom explicou que as personagens foram escritas com uma pincelada de estilos, de diferentes mulheres brasileiras. O figurino é um destaque da produção. Cada personagem é identificada por uma cor específica, os sapatos foram feitos especialmente pelo designer Fernando Pires.

A peça aborda com muito humor assuntos como amor, sexo, padrões de beleza, amizade, entre outros dilemas e situações com os quais acabamos nos identificando.

Risadas garantidas! :D

Estreia no dia 16 de abril de 2014 no Teatro Augusta (Rua Augusta, 943 – Consolação, São Paulo).  Todas as quartas e quintas, às 21h.

Curta temporada só até 17 de julho.

Os ingressos já podem ser adquiridos pelo site www.ingressorapido.com.br/evento.aspx?ID=32984 .

Texto: José Vitor Rack.

Direção: Tom Arruda.

Elenco: Aline Valêncio, Cintia Moreira, Marcela Oliveira e Valéria Gomes.

entrevista-capa

Entrevista na revista SIM

Na última edição de janeiro da revista SIM do Espírito Santo foi publicado um bate-bola que eles fizeram comigo na coluna ‘Bom te ver’.

Eram umas perguntinhas rápidas para que eu fosse completando com a primeira coisa que viesse a minha cabeça, tudo bem espontâneo.

Achei bem bacana e compartilho aqui com vocês.

Nome de batismo: Flavio Hugo Venturini.

Formação: 2º grau.

Profissão: cantor e compositor.

Estilo mineiro: na música e no viver.

No início tudo foi… tranquilo tive sorte na minha carreira e sempre vivi de música.

Hoje tudo é tão mais…. confuso, às vezes é preciso provar tudo que você já fez e começar de novo, mas isso não me incomoda tanto não.

O que tem feito. Os projetos são muitos: divulgar meu novo CD “Venturini”, um novo CD instrumental, lançar o novo DVD do “Terço em 3 D”, um projeto de nome “Grande Encontro” que terá Flavio,14 Bis e Sá e Guarabira.

Clube da Esquina: Depois dos Beatles foi a minha maior influência e participar desse movimento me deu forças pra criar meu próprio estilo.

14 Bis: realização de um sonho que veio dos Beatles. Esse ano acontece um encontro importante com o 14 Bis.

O Terço: Minha primeira banda e onde considero que começou minha carreira profissional. Foi pra mim a felicidade de criar e fazer sucesso com liberdade e prazer. Esse ano teremos o lançamento e divulgação de um novo DVD Bluray “OTerço 3D”.

Carreira solo: Onde pude finalmente fazer tudo que sonhei como compositor. Para essa ano, o projeto é divulgar o novo CD “Venturini” e gravar meu 1º CD Instrumental.

Para ouvir: Muita música instrumental e música country/rock americana.

Inspiração/criação: Componho mais nas férias de preferência perto do mar, estúdio também é bastante estimulante para mim.

Antes de um show: Exercícios e práticas vocais e corporais que tenho reaprendido com a mestra Babaya de BH.

Se seu violão falassepediria pra ser mais tocado. No ano passado tive pouco tempo pra ele. Gosto de compor em violão porque me leva mais pro ritmo.

Momento mais brilhante da carreira: A gente tem muitos momentos marcantes, mas me lembro especialmente de alguns encontros com Milton Nascimento e André Mehmari no histórico estúdio “Davout” em Paris em 2009.

Momento mais complicado: Foi quando fiquei doente ao pegar uma infecção hospitalar em 2003, felizmente curada.

Vício: Chocolate.

Jeito mineiro ser: ainda de certa forma tímido.

Rotina de contas a pagar, dinheiro a receber, contratos… Tenho ajuda da minha empresária nas contas e dinheiro da carreira, mas administro muito bem minha casa.

Irritante: O mau gosto imperando na música brasileira depois de tantos anos de boa música e artistas maravilhosos.

Para descomprimir: Sexo.

O melhor da rotina: Organizar,organizar,organizar.

Redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter, Instagram e Soundcloud.

O que falta fazer: Um disco instrumental, um livro de memórias e algumas viagens.

O que não vai fazer nunca: Música ruim (na minha concepção).

Onde mora o prazer: Na mente.

Copa do Mundo: Adoro, mas não sei ainda se irei aos estádios ou verei numa TV 4K em casa.

Espírito Santo: Estado que gosto muito e onde tenho grandes amigos, já tive até amores e, pelo que me dizem, estado por onde entrou a família Venturini no Brasil.

Em 2014: Ter saúde pra fazer tudo que almejo.

Vocês também podem ler a entrevista diretamente no site http://simnoticias.com.br/revista/ed68 .

Os 10 discos que marcaram a minha vida

Copiando a ideia do amigo Rodrigo Brasil, no Facebook, selecionei aqui os 10 discos que marcaram a minha vida.
Claro que são muito mais que 10, mas uma lista assim já mostra um panorama!

A hard day´s night1-A Hard day’s night: The Beatles (1964)
2-Turn! Turn! Turn!: The Byrds (1965)
tropicalia-ou-panis-et-circencis-1968-capa3-Tropicália ou  Panis et Circencis: Caetano Veloso, Gilberto Gil, Mutantes, Gal Costa, Rogério Duprat, Nara Leão,Tom Zé e outros (1968)
The Rolling Stones Let It Bleed album cover4-Let it Bleed: The Rolling Stones (1969)
5-Trilogy: Emerson Lake & Palmer (1972)
Genesis - Nursery Cryme (1971)6-Nursery Cryme: Genesis (1971)
7-Close to the Edge: Yes (1972)
CLUBE DA ESQUINA8- Clube da Esquina: Milton Nascimento e Lô Borges (1972)
9-Amoroso: João Gilberto (1976)
Pat-Metheny-And-Lyle-Mays-As-Falls-Wichita-So-Falls-Wichita-Falls-1980-FLAC10-As Falls Wichita, So Falls Wichita Falls: Pat Metheny&Lyle Mays (1982)

…depois estendo mais a lista.

E quais discos marcaram a vida de vocês?